Dia 29 de julho tinha tudo pra ser como outro dia qualquer. Mas não foi. Esse dia marcou minha vida, pois foi o dia que você, simplesmente, foi embora.

O mundo girou rápido demais, senti uma breve tontura. Meu coração pulsava forte e se eu tivesse como medir a temperatura do meu peito, diria que estava à uns 50ºC. Estava queimando. Havia um nó na minha garganta. E eu fiquei assim: sem reação alguma. De repente, uma lágrima caiu dos meus olhos. Me tranquei no quarto e, ali, fiquei dias. Quando dei por mim, já era meu terceiro dia sem comer, eu ainda tava tentando digerir o que estava acontecendo. É. Você partiu e eu me parti.

Foram semanas sem entender o que aconteceu. Mas a vida não para aí - foi o que me disseram. "Seguir em frente", esse era o lema. Sempre em frente. Enfrente! Já faz quase 1 ano. 51 semanas e 3 dias, pra ser exata, mas quem é que está contando? 

Ainda lembro do seu riso e da forma que me olhava. Das séries e filmes no sábado e do café na cama na manhã de domingo. Sabe, se você tivesse ficado, eu ainda saberia o que é amar, da forma mais sincera e bonita. Eu ainda estaria imaginando nosso casamento na praia e estaria torcendo pelos nossos futuros filhos puxarem o seu riso fácil. Eu ouviria a nossa música e me acalmaria depois do estresse no trabalho, ao final do dia. 

Eu não queria ter que te esquecer. Não queria conhecer outras pessoas. Porque era você. É você e parece que vai ser sempre você. Droga! Tínhamos tanto pra viver juntos. Tantos planos e promessas, tantas coisas que eu queria fazer com você e não tive tempo. Você me deixou sem tempo. Você se foi.

Se você tivesse ficado, eu não teria conhecido aquele bar mais badalado da cidade, eu ainda estaria assistindo filme com você em sua casa. Eu não teria experimentado novas bebidas, se você ainda fizesse meu chocolate quente favorito. Eu não teria conhecido novos cheiros, se você ainda me abraçasse. Eu não estaria com outro, se você ficasse. Eu queria que você tivesse ficado. Mas não ficou.


2 Comentários

  1. Deixando um comentário pra dizer que me identifiquei com a sua escrita e que talvez eu tenha me viciado nela rs
    Adoro esses textos suaves, essa ideia de lembrança e essa coisa no futuro do pretérito (:

    https://vidaamarelablog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, que lindo comentário! Muito obrigada, fiquei extremamente feliz ♥

      Beijão!

      Excluir

Digite aqui seu comentário!