Ei! O que aconteceu?
Você está mais radiante!
Sei lá, não sei se percebeu...
Esta como antes! Alegre e menos distante!

E, com isso, ele refletiu
Sobre como conversara menos pessimista
De como estava leve e esperançoso
Sobre estar relaxado e harmonioso

Seu riso era fácil
Os gestos com espontaneidade
Seu pensamento era um só
Voltava-se aos momentos de afetividade

Pensava nos versos de Heres come the sun
E de I've just seen a face, dos Beatles
Sentia o frio na barriga, sem temor
Falava coisas sobre o amor

Foram dias de sentimentos diversos
O pássaro azul - já dizia Bukowski - foi liberto
Superando alguns bloqueios
Um pouco egoísta, de certa maneira, viveu dias sem receios

Falou coisas bacanas
Redescobriu emoções inenarráveis
Surfou a onda
Respirou sentimentos admiráveis

O mais belo deles, diga-se de passagem
Ficará nas entrelinhas desse miniconto
Que conclui-se, assim mesmo, meio abrupto
Meio na blindagem...

Assim como fez Cazuza, o cantor
Na sua poesia musicada
Aquela, do beija-flor
Onde protegia-se o nome de forma disfarçada.


Deixe um comentário

Digite aqui seu comentário!